22.2.09

Autora


Ela conheceu cada um dos livros dele. De cada livro, conheceu cada página; de cada página, cada uma de suas palavras. Escolheu aquelas que lhe pareceram mais perenes e, sobre a cama do quarto dele, escreveu seu próprio romance.

4 comentários:

Anônimo disse...

Bonito.

denio disse...

:)

Catinha disse...

Fala Dênio... Adorei esse, agudo com um haikai. Precisamos colocar os assuntos e as poesias em dia. Faz tempo que não entrava aqui, mas sempre algo me surpreende. bjs, :-)

denio disse...

Oi, Catinha. Faz tempo, hein?
E que bom quando um texto consegue isso!

Bjs,